A Doença Celíaca

O que é a doença celíaca (DC)?

A DC consiste numa intolerância alimentar permanente do sistema imunitário, causada especificamente pela ingestão de Glúten.

A DC pode manifestar-se em bebés, adolescentes, adultos e até mesmo em idosos. Afecta o intestino delgado podendo até causar disfunções e sintomas noutros órgãos e aparelhos.

O que é o Glúten?

Trata-se de um complexo de proteínas insolúveis, que se encontram em alguns cereais, tais como, o trigo, o centeio e a cevada. Estes têm de ser completamente afastados da alimentação de um celíaco.

O Glúten (ou vestígios de Glúten) quando ingerido por pessoas celíacas, com predisposição genética para tal, provoca uma reacção imunológica no intestino delgado. Trata-se de uma inflamação cronica que faz com que as vilosidades, do intestino delgado, deixem de desempenhar a sua função, a absorção de alimentos e a digestão são afectadas. A capacidade para absorver nutrientes, tais como proteínas, gorduras e hidratos de carbono fica diminuída. Por esta razão, as consequências estão à vista, perda de apetite, perda de peso, subnutrição, diarreias, obstipação e  consequentes sintomas de fadiga e de anemia. Estas reacções poderão ser diferentes de pessoa para pessoa, podendo até estarem ausentes, como é o caso da DC latente, e não serem imediatamente reconhecidos em alguns casos.

Geralmente o diagnóstico é simples

Analises ao sangue e uma biopsia intestinal que analisará  o estado das paredes do intestino delgado (mucosa gástrica).


A Dieta para Toda uma VIDA

Após ser diagnosticada DC, deve ser adoptada e assumida uma dieta isenta de glúten para TODA a vida. Em pouco tempo, o intestino voltará a funcionar normalmente, entre algumas semanas a até alguns meses. Mas a DC continua para toda a vida e pressupõe que o celíaco exclua para sempre e totalmente o glúten da sua alimentação diária. Qualquer descuido, a inflamação (no intestino) voltará e os sintomas reaparecem.
O único tratamento eficaz dos sintomas da DC é uma dieta isenta de glúten/vestígios de glúten, sem ter de recorrer a qualquer tipo de medicamentos. Esta dieta, ao contrario do que muitos pensam, não é uma dieta limitadora mas sim libertadora, restabelece o bem estar geral, melhorando as capacidades físicas e mentais para voltar a ter qualidade de Vida.

Alimentos sem glúten

Existem alimentos naturais e seguros sem glúten, tais como, milho, arroz, batatas, carne, peixe, fruta e legumes.
Existem, outros, produtos especiais para celíacos, identificados com o símbolo de uma espiga traçada - “isento de glúten” ou “glúten free” - tais como; pão massa, bolachas, farinha, doces, refeições pré-cozinhadas etc. 

Podem ser encontrados em diversas lojas de produtos naturais, dietéticas, em algumas farmácias e supermercados convencionais (Celeiro, Continente e El Corte Inglês).

Hoje em dia com os diagnósticos de “sensibilidade ao glúten”, síndrome do cólon irritável e por simples escolha, esta dieta tem vindo a ser cada vez mais praticada, o que faz com que aumente o raio de acção e a procura dos produtos seja maior, alargando a variedade de opções.



1 comentário:

  1. Pelo conteúdo do seu blog, acho que a descoberta da doença celíaca colaborou para que você criasse receitas diferentes e saudáveis, e isso é ótimo. Vejo muitas pessoas lamentarem, após serem diagnosticadas com a doença, não poderão mais comer bem e etc. Isso é um grande mentira. Hoje existem diversos produtos e restaurantes que se preocupam com os celíacos. Mais do que isso, ser celíaco é a oportunidade que as pessoas tem de descobrirem novos alimentos, novos sabores e de indicarem uma vida mais saudável.

    Parabéns pelo conteúdo do blog.

    ResponderEliminar