quarta-feira, agosto 27, 2014

Bolachinhas de gengibre e canela - Sem glúten

Crachhhh!!
Queria, mas queria tanto, este som, nas minhas bolachas ;)
Também queria uma massa que ficasse bem moldável, sem se pegar aos dedos ou ao rolo enquanto se estica. 
Queria tanto uma massa que depois de ir ao forno virasse em bolachas crocantes e saborosas...
Queria... uma massa que os miúdos pudessem esticar, moldar, brincar com os cortantes e fazer trinta por uma linha com ela!

E conseguiiii!!! 







Esta receita foi adaptada de duas, que vi algures por aqui, e que resultou na perfeição.
A massa ficou exactamente como queria. As bolachinhas ficaram deliciosas e muito crocantes. O gengibre veio dar-lhe o toque final que gosto nas minhas receitas sem glúten!

Partilho a receita convosco e depois digam -me se funcionou desse lado! ;)

Vão precisar de:
100 gr de açucar mascavado
100 gr de farinha maizena
80 gr de farinha de arroz usei Ceifeira
60 gr de polvilho doce
60 gr de manteiga  (foi a olho)
1 ovo
1 colher de chá de canela - ou de sopa é conforme o gosto de cada um
1 colher de chá de goma xantana
1 colher de chá de bicarbonato 
1 colher de chá (bem cheia) de gengibre fresco ralado

Mãos na massa:
Num recipiente juntar todas as farinhas, a goma xantana, o bicarbonato de sódio e a canela. Envolver e reservar.
Derreter a margarina ou a manteiga.
Num outro recipiente, bater o açúcar com o ovo, até obterem uma mistura homogénea. Ralar o gengibre e envolver na mistura. 
Comecem por adicionar as farinhas, aos poucos, envolvendo com a colher de pau. Quando já não conseguirem mais, adicionem um pouco de manteiga, e vão alternando com mais um pouco de farinha, e assim sucessivamente. 
Se preferirem, eu prefiro, ponham a colher de lado e as "mãos na massa" - NÃO É DIFÍCIL, a massa ficou rapidamente assim:


Se forem amassando com a mão, vão percebendo se precisa mais de margarina ou não, confesso que esta parte foi a olho.

Assim que a massa começar a formar bola, podem retira-la do recipiente e amassa-la numa bancada de pedra ou madeira, previamente enfarinhada (farinha sem glúten, não vá a tia ler a receita...). Quando pronta enrolar em papel transparente e levar ao frigorífico, durante uns 20-30 minutos.

Depois disso pré-aqueçam o forno a 180ºC e comecem a esticar a massa.
Não a estiquem toda de uma vez, para ser mais fácil de estender, retirem um bocadinho da vossa massa inicial e em cima de papel vegetal e com a ajuda de um rolo, vão ver que é simples.

Disponham uma folha de papel vegetal, no tabuleiro de ir ao forno e levem as vossas bolachas até ficarem ligeiramente douradas, são poucos minutos. É o tempo de esticarem de novo a massa e preparem outro tabuleiro cheio de bolachinhas! 

Se não tiverem cortantes iguais, não faz mal, não precisam comprar, as vossas chávenas de café podem ser verdadeiras formas para bolachas ;)



*bj sem espiga






13 comentários:

  1. Adorei esta sugestão, não tenho cortantes desses mas esta mistura de canela e gengibre agradou-me bastante. Não gosto é da parte dmassar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula, os cortantes comprei-os, há algum tempo, na Partyland em Lisboa, uma loja de artigos para festas. A parte de amassar acredita que também não é o meu forte, mas estas bolachinhas são bem rápidas de fazer, a massa fica rapidamente moldável.

      Eliminar
  2. Tenho que experimentar :) Adorei os gingerbread men a dar abraços he he Por acaso tenho cortadores desses :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, ficaram bem engraçados, experimenta e depois diz-nos como ficaram. Estas brincadeiras têm o seu preço, aviso já!! Por aqui os miúdos não queriam que eles (bolachinhas) ficassem sem cabeça e pernas ....

      Eliminar
  3. Que orgulho que tenho em ti... querias querias querias e conseguiste :) iupiiiii!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devias ter vindo cá, a tua nina ia gostar delas e nós também, num lanchinho bom ;)

      Eliminar
  4. Como fica no dia seguinte? Bjos
    Vanessa

    ResponderEliminar
  5. Ola Vanessa, aguentam-se bem crocantes alguns dias.
    Guardo-as sempre em recipientes de vidro, bem vedados.
    bj

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Onde posso arranjar a goma xantana? Fui ao supermercado brio e encontrei a guar-guar sem gluten, mas não sei se será a mesma coisa.

    ResponderEliminar